Você alguma vez já se perguntou como dividir o seu site em áreas distintas, dando a entender que você possui na verdade diversos sites? Ou então tirar aquele blog de uma vez do papel que ficou de fazer, mas não queria gastar para comprar outro domínio?
Então o que você precisa na verdade é dividir o site principal em subdomínios. E o melhor disso tudo é que subdomínios são gratuitos e você pode ter quantos quiser. E melhor ainda, com o wordpress é muito mais fácil criar e gerenciar todos eles, com a possibilidade de atribuir um tema diferente para cada um, sem a necessidade de possuir mais de uma instalação do wordpress.

Um subdomínio serve como uma ramificação do seu domínio principal, funcionando como um separador de áreas, você pode ter por exemplo o seudominio.com e possuir um fórum, mapeando-o para o subdomínio forum.seudominio.com.
A google possui varios de seus serviços funcionando desta forma, como o mail.google.com(Gmail), plus.google.com(Google+) e o drive.google.com.

Em sua versão 3.0, o wordpress integrou o que antes era conhecido por WordPress MU, que deixou de ser um projeto separado, funcionando agora como uma funcionalidade da instalação principal. Com isso, tornou se possível que múltiplos sites ‘virtuais’ dividissem a mesma instalação do WordPress.

Enfim, o que não faltam são tutoriais ensinando a configurar o multisites em sua hospedagem, porém, para aqueles que não são radicais e preferem não testar seus sites direto em produção, vamos ver como configurar essa funcionalidade localmente.

Necessário:

1º passo – Criando os hostnames

É necessário começar criando os hostnames, para isso será necessário editar o arquivo de hosts, é nele que o sistema vai primeiramente buscar o ip de destino quando digitamos algum endereço no navegador.
No windows o arquivo fica em c:\windows\system32\drivers\etc\hosts, o mesmo deve ser aberto em algum editor de texto que possa ser executado como administrador, recomendo editá lo no notepad++. Por padrão esse arquivo vem com a configuração:

127.0.0.1       localhost

Que mapeia o endereço localhost ao ip local da máquina. Agora, devemos adicionar o endereço e os sub-domínios desejados, para fins de exemplo usarei o endereço seudominio.com e o sub domínio de um blog blog.seudominio.com:

127.0.0.1       seudominio.com
127.0.0.1       blog.seudominio.com

Agora precisamos avisar o windows de que esse arquivo foi alterado e ele precisa recarregá-lo (apenas se for o windows 7), então, abra o prompt de comando(cmd.exe) em modo de administrador. Com ele aberto, execute o comando

net stop dnscache

para parar o dnscache, e depois:

net start dnscache

2º passo – Configurar arquivos do apache

Agora é necessário configurar os arquivos httpd.conf e httpd-vhosts.conf do apache. O primeiro, fica em C:\wamp\bin\apache\apache2.4.9\conf (o número refere-se a versão do apache e pode ser diferente) e deve ser editado para habilitar o outro arquivo, portando, abra o arquivo e descomente a seguinte linha:

# Virtual hosts
Include conf/extra/httpd-vhosts.conf

Com o httpd-vhosts.conf habilitado, basta abrí-lo também, em C:\wamp\bin\apache\apache2.4.9\conf\extra. Neste, deve ser comentado ou removido as informações já existentes, deixando apenas as linhas abaixo

<VirtualHost *:80> 
    DocumentRoot "C:/wamp/www"
    ServerName localhost
    ServerAlias localhost
	<Directory "C:/wamp/www">
        AllowOverride All
        Require local
    </Directory>
</VirtualHost>

<VirtualHost *:80> 
    DocumentRoot "C:/wamp/www/wordpress"
    ServerName seudominio.com
    ServerAlias seudominio.com *seudominio.com
	<Directory "C:/wamp/www/wordpress">
        AllowOverride All
        Require local
    </Directory>
</VirtualHost>

A primeira VirtualHost vai garantir que o localhost continue funcionando e apontando para a pasta default do wamp contendo
todos os projetos. Já a segunda possui como DocumentRoot a instalação do wordpress, o *seudominio.com garante que ao digitarmos blog.seudominio.com o servidor entenda que ele também deve abrir o diretório do wordpress.
Após isso, salvar e restartar o wamp.

3º passo – Instalar o WordPress

Ao acessar a url seudominio.com/ o assistente de instalação do wordpress deve abrir, nessa etapa você deve instalá-lo com as
informações que desejar, como o foco do post não é esse, segue um vídeo ensinando como fazer a instalação de ‘5 minutos’:

4º passo – Habilitando o Multisite

Com o wordpress instalado e funcionando no endereço seudominio.com/wp-admin/ devemos habilitar a sua funcionalidade de multisites, abrindo o arquivo wp-config.php que fica em C:\wamp\www\wordpress e inserindo a linha seguinte linha, logo acima de ‘That’s all, stop editing! Happy blogging.’.

define('WP_ALLOW_MULTISITE', true);

Ao salvar e acessar o wordpress já é possível ver que o menu Ferramentas>Instalação da Rede está disponível, vamos acessá-lo.

Agora vamos configurar a rede de multisites, nesta etapa temos duas opções de instalação dos subdomínios, sendo elas:

  1. Usando sub diretórios: Seu blog será mapeado para seudominio.com/blog
  2. Usando o padrão de sub domínios: Seu blog será mapeado para blog.seudominio.com

Vamos escolher o padrão de subdomínios, que deixa o endereço mais elegante. Podemos também inserir um nome para a rede, definir o email do administrador e por fim, mandar instalar.

Após a instalação, o prório wordpress informará que precisamos inserir algumas configurações em dois arquivos, e é exatamente
isso que vamos fazer agora.

Primeiro vamos abrir novamente o arquivo wp-config.php e inserir as linhas abaixo nele, logo após a configuração 'define('WP_ALLOW_MULTISITE', true)' já existente:

define('MULTISITE', true);
define('SUBDOMAIN_INSTALL', true);
define('DOMAIN_CURRENT_SITE', 'seudominio.com');
define('PATH_CURRENT_SITE', '/');
define('SITE_ID_CURRENT_SITE', 1);
define('BLOG_ID_CURRENT_SITE', 1);

Depois de salvo, vamos abrir o arquivo .htaccess que também fica em C:\wamp\www\wordpress. Com ele aberto, devemos remover todas as linhas existentes e adicionar apenas essas:

RewriteEngine On
RewriteBase /
RewriteRule ^index\.php$ - [L]

# add a trailing slash to /wp-admin
RewriteRule ^wp-admin$ wp-admin/ [R=301,L]

RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} -f [OR]
RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} -d
RewriteRule ^ - [L]
RewriteRule ^(wp-(content|admin|includes).*) $1 [L]
RewriteRule ^(.*\.php)$ $1 [L]
RewriteRule . index.php [L]

Pronto, multisite instalado e configurado. Acessando o painel de administração vamos notar um novo menu Meus Sites.

5º passo – Criando outros sites

Com o a rede configurada, falta apenas criar o site do blog. Entrando no painel de administração dos sites da rede, em
Meus Sites>Painel da Rede>Sites é possível gerenciar todos os sites da rede.

Clicando em 'Adicionar Novo', vamos preencher as informações, neste momento, o endereço do site deve ser o mesmo que mapeamos no arquivo de hosts, o blog no nosso caso. Preenchendo o título e email já é possível adicionar o site.

Após todas essas configurações, a rede de sites está configurada e o sub-domínio blog já está disponível. É possível ainda instalar e atribuir temas diferentes para cada site da rede, mas, por agora é só. Até.

JHBitencourt

leia mais